15 Fundamentos ICDs do marketing de conteúdo que geram resultados

15 Fundamentos ICDs do marketing de conteúdo que geram resultados

Nesse artigo aprenderemos como analisar o marketing de conteúdo, que deve ser criado de forma à gerar resultados relevantes, aprenderemos como mensurar tudo isso e economizar tempo e investimento com eles.

Não é fácil medir o sucesso do marketing de conteúdo, para isso é importante a utilização de boas métricas e ótimas ferramentas de rastreamento, fica mais confortável mensurar resultados e você poderá enxergar alguma luz na utilização do seu marketing de conteúdo, que definitivamente é importante para seu negócio online.

Você já parou para pensar o porque alguns empreendedores publicam artigos de sucesso que tem um bom ROI, enquanto outros não conseguem gerar nenhum resultado? Nesse artigo vou te mostrar como gerar bons resultados com seu marketing de conteúdo utilizando as melhores ferramentas.

Analisaremos as seguintes métricas:

O que são ICDs de marketing de conteúdo

Como definir ICDs relevantes

Qual é o motivo de mensurar os ICDs

Os 15 principais ICDs que todo o profissional de marketing de conteúdo deve mensurar

ICDs de marketing de conteúdo

  1. Tráfego total
  2. Taxa de rejeição
  3. Profundidade de rolagem
  4. Tempo gasto na página
  5. CTR (Taxa de cliques) em links internos
  6. Ações sociais
  7. Comentários

ICDs de marketing de conteúdo com SEO

  1. Palavras-chave classificada
  2. Classificação orgânica geral
  3. Tráfego orgânico
  4. Backlinks ganhos

ICDs de marketing de conteúdo para receita e ROI

  1. Leads gerados
  2. Leads convertidos
  3. ROI geral

Pronto para iniciar a jornada de resultados?

ICDs do Marketing De Conteúdo

Os ICDS do marketing de conteúdo ( indicadores chave de desempenho ) são métricas numéricas quantificáveis e que ajuda a mensurar o progresso para uma métrica especifica.

Acompanhando as métricas de marketing de conteúdo, você terá uma visão ampla do que realmente funciona. Os principais indicadores de desempenho que você escolher, devem sempre corresponder aos seus negócios e as metas gerais de marketing.

Os principais exemplos de indicadores de desempenho, incluem o tempo gasto na página, leads gerados, leads convertidos e é claro, o ROI real. Desprezar essas métricas é gerar conteúdo sem resultados.

Devo Acompanhar os ICDs?

Para usar algumas métrica, você define o orçamento mensal dos seus ads e no final do mês, verifica se o valor das suas vendas é maior que o orçamento. Se estiver vendendo produtos físicos, também precisará deduzir o custo do produto real da sua venda e dessa forma obter o ROI.

É tudo o que você precisa para determinar se sua campanha foi ou não bem sucedida, sabendo se deverá continuar como ela está, alterar ou cancelar e estabelecer novas estratégias de anúncios.

Ao meu ver o Facebook é bem mais fácil medir o ROI, já no marketing de conteúdo é um pouco mais complicado, mas não é impossível e também é muito importante, dessa forma você saberá o que deve melhorar, o conteúdo também é responsável pela renda do seu negócio.

Temos também outras métricas a considerar em nossa analise e uma que também é difícil de detectar é saber quem comprou através de seu conteúdo.

Exemplos:

  • Qual foi a parte do seu conteúdo que gerou lead Quais são os artigos mais
  • relevantes para sua audiência Qual seria o melhor conteúdo para um
  • maior investimento Qual conteúdo deverá ser desconsiderado em relação aos outros

O rastreamento de ICDs requer respostas à esses questionamentos. São algumas das razões pelas quais cada um dos seus artigos devem ter ICDs associados, sendo acompanhados regularmente.

Todas as suas estratégias tem um objetivo e esses precisamente devem ser medidos, Seu conteúdo nunca gerará ROI se você não conhecer os resultados que eles estão trazendo para seu negócio.

O mais difícil é saber como definir os ICDs, mas isso não deverá ser deixado de lado, se você nunca ouviu sobre isso, sabia que é super importante como qualquer outra métrica que você usa.

Como Definir Os ICDs Relevantes

Embora nem todas as métricas são tão relevantes aos seus objetivos, você precisará de várias delas para rastrear o seu conteúdo.

Cada processo de ICDs é diferente para cada tipo de negócio, essa é a má notícia, isso porque não podemos gerar um modelo único.

A boa notícia é que existem vários tipos de ICDs de desempenho que são importantes para qualquer negócio, dentro desses grupos, encontramos as métricas que refletem o ROI do marketing e conteúdo.

Como Garantir ICDs Relevantes

Que tal usar uma fórmula dupla para estabelecer os ICDs, bem como tópicos e meios de promoções para cada conteúdo que publicamos em nossos blogs, sites de terceiros ou que recomendamos aos nossos clientes.

imagem Pixabay

Os ICDs não necessitam focar em dinheiro investido, mas sim no aumento de dinheiro, eles devem fazer com que seu negócio gere mais faturamento, você poderá ter 100 leads que não geram dinheiro, mas tendo uma taxa de 1% de conversão já começará a gerar algum resultado em seu faturamento

Todas as suas métricas de marketing de conteúdo devem de alguma forma estarem vinculadas às suas metas de negócios.

Você tem visão sobre o comportamento do seu usuários, ou eles entram e saem sem você saber o que está acontecendo? O tempo gasto pelos usuários em seu site por exemplo pode até ser difícil de vincular a receita real, mas isso não quer dizer que sejam completamente irrelevantes.

Mais tráfego significa mais chances de gerar mais leads e se você souber quais os conteúdos mais consumidos, você poderá criar ainda mais conteúdo como esses e virar um ciclo vicioso do bem, entende então a importância de uma métrica como essa para a geração de conteúdo?

Seus usuários e suas metas de negócios são duas coisas que você deve considerar para seus ICDs, é isso que gerará crescimento para seu negócio online, sem isso os resultados são um tiro no escuro, pense nisso. : )

Garanta Seus ICDs Realistas

Isso dependerá de sua experiência e objetivos gerais, é um pouco complicado, mas não impossível.

20 mil acessos de um dos seus artigos em um site totalmente novo, não é um ICD realista e nem de longe estão gerando uns 40 leads com cada artigo, ou fechando 20 deles.

Imagem Pixabay

É importante que seus ICDs sejam bem realistas, isso mostrará que eles estão sendo executados. Se você definir suas expectativas muito altas, ficará desanimado quando começar a perder os ICDs realista e poderá desistir do marketing de conteúdo.

Então com todo esse banho frio, como chegar a um meio termo? Que tal tentar iniciar assim:

  • Sua concorrência: Observe o engajamento médio ou o tráfego. existem ferramentas que ajudam você a ter uma ideia de como seus concorrentes estão indo.
  • Suas metas de negócios: Assumindo uma taxa de conversão média de 0,5%, quantos leads você precisará gerar para atingir suas metas financeiras? Você poderá realmente gerar muitos leads ou precisará adicionar outras estratégias de marketing digital?
  • Estimativas históricas: Tente entender qual é a taxa de engajamento de sua audiência nas mídias sociais, quanto tráfego o setor de seu nicho possui.

15 ICDs Do Marketing De Conteúdo

Para o sucesso dos seus ICDs de marketing de conteúdo, leve em consideração a lista abaixo, são os principais e que te ajudarão na geração de melhores resultados com seus conteúdos daqui para frente. É real, é possível!

  • 1. ICDs de marketing de conteúdo para usuários

Seus conteúdos nunca devem serem para sí próprio, o foco deve estar em seus leitores, se para eles o seu conteúdo não for relevante, que não resolva algum problema que eles possam ter, suas metas de negócio através de seu marketing de conteúdo estão furadas.

  • 2. Tráfego

Um dos ICDs que entendo por mais comum é o tráfego gerado para seu conteúdo, os pontos importantes de um tráfego podem serem diversos, a velocidade com que seu site está sendo carregado, assim como a otimização de imagens, a usabilidade, retenção e etc, tudo isso tem base no conteúdo que você está entregando.

Se o seu conteúdo gera um tráfego enorme para seu negócio, é uma métrica considerada, mas isso não é tudo, pois esse tráfego pode não estar gerando receita para seu negócio, é preciso mensurar que tipo de tráfego seus conteúdos estão gerando, é importante que seus conteúdos possam gerar tráfego qualificado e da mais alta conversão possível.

Como saber isso? Você poderá utilizar o Google analytics, uma ferramenta gratuita para ter uma ideia desse processo, observe os seguintes pontos:

  1. O maior tráfego está em que parte de seu conteúdo?
  2. De quais canais estão vindo este público?
  3. Qual é o crescimento mensal desse tráfego?

Respondendo a essas questões, você saberá que tipo de conteúdo você deverá focar mais e em que mídia promovê-lo para gerar mais resultados.

Isso não é tudo, ainda tem muito mais, essas métricas são importantes para manter seu negócio no jogo e evoluir a cada dia, isso é que faz a diferença entre os profissionais e os amadores.

  • 3. Qual a taxa de rejeição

Entende-se através do Google que a taxa de rejeição refere-se a:

Sessões de página única que são divididas por todas as sessões ou porcentagem de todas as sessões em seu site, em que seus usuários visualizaram apenas uma única página e acionaram apenas uma única solicitação.

Parece complicado né? E posso te garantir que é mesmo, mas precisa ser feito se você quiser jogar o jogo como um profissional.

Simplificando: A rejeição é quando o seu usuário visitou uma de suas páginas e não quis prosseguir para outra, não clicou em outras páginas. No Google analytics, vcê verá essas sessões marcadas como uma duração de zero segundos. O Google analytics não consegue calcular a duração da sessão pela ausência de cliques em seu site.

Não há a necessidade de combiná-los com precisão, uma taxa de rejeição de 70% posiciona seu projeto na média entre os setores.

Não se preocupe com que todos gostem de seu conteúdo ou permaneçam por mais tempo em seu site, mas se a taxa de rejeição estiver muito elevada, será preciso fazer uma analise mais profundo do motivo.

  • Vamos observar as métricas importantes a serem consideradas:
  1. Analise a taxa de velocidade de carregamento do seu site
  2. Veja o quão amigável é seu site
  3. Será que seus usuários estão encontrando o que buscam
  4. Seu conteúdo é atrativo e interessante, além de resolver problemas
  5. Você usa muito blocos longos de textos – parágrafos longos, sem gráficos, sem marcadores

Uma alta taxa de rejeição também é um resultado ruim de SEO, se logo após o seu site ser carregado, o usuário pressionar o botão voltar, seu site terá sinais de classificação baixa para as palavras-chave em sua página de destino.

  • 4. Profundidade de rolagem da página

Os ICDs de marketing de conteúdo fazem pouco sentido por si próprio, você sempre deverá fazer correlações entre eles, para obter informações relevantes e gerar conteúdos mais atrativos.

Por exemplo, a correlação entre taxa de rejeição e profundidade de rolagem.

A profundidade de rolagem refere-se a quantas vezes o usuário rola em uma página que ele está visitando, ou quanto tempo ele permanece na página antes de querer sair.

Os usuários que acessam seu conteúdo e não ficam atraídos por ele de logo no início, tendem a não permanecer no site e muito menos ler outro conteúdo.

Isso afetará sua taxa de rejeição. Conteúdo de alto valor, com design atraente e diagramação de prima, fazem a diferença.

Algumas pessoas conseguem ler muito mais rápido que outras, suas expectativas devem ser baixas, tendo em mente que um tempo de 2 minutos de permanência em uma página já é considerado importante.

  • 5. CTR Taxa de cliques em links internos

Esse ICD de marketing de conteúdo mostra o quão envolvente é o seu conteúdo e se seus usuários querem mais além do que você está oferecendo em seu site através do conteúdo.

Quando você tem estrategicamente um bom posicionamento de link interno, a taxa de permanência em seu site aumenta, isso ajuda muito com o SEO, a navegação fica mais amigável e confortável para seus usuários, um conteúdo complementando o outro, show de bola. : )

Dica: Vídeos ajudam muito na retenção do público em geral.

Links internos pode ser CTAs que levam os usuário a página de serviços ou vendas, ou podendo simplesmente serem links para outras partes de conteúdos sobre tópicos semelhantes.

Se um usuário clica em um outro link dentro do seu conteúdo, isso indicará que ele quer saber mais sobre um determinado assunto e que o conteúdo está muito relevante para ele, pense nisso!

Dica importante: Com as páginas de maiores permanências, você poderá aproveitar para indexar links que levam a páginas de vendas com produtos de preços mais altos. : )

  • 6. As ações sociais importantes

Imagine as milhões de postagens que existem no Facebook por exemplo, são mais de 600 milhões de histórias compartilhadas todos os dias, e isso é apenas no Face.

Adicione outros mais de 90 milhões de postagens compartilhadas diariamente no Instagram e perceberá o quanto que os compartilhamentos são de suma importância nesse jogo.

Não é fácil aparecer em redes sociais com tanta concorrência, se isso acontecer com você, significará que seu conteúdo está além do esperado. Quando se trata de ICDs de marketing de conteúdo, os compartilhamentos sociais são uma das métricas mais importantes a serem rastreadas.

7. Os comentários

Comentários são ICDs de marketing de conteúdo com imenso valor, é fácil curtir ou compartilhar nas mídias sociais, mas escrever um comentário relevante, isso não é nada fácil, mas escrever um comentário em um post gera um grande engajamento.

Com isso dará para saber se o conteúdo que você está escrevendo tem valor quando há bons comentários, com o tempo escasso, alguém parar para comentar seu conteúdo, mostra o quanto de valor você está entregando para sua audiência.

Tópicos controversos como política ou discussões sobre raça, gênero e igualdade tendem a receber mais comentários. Já um blog de negócios tem mais dificuldades. Os usuários tendem a consumir o conteúdo, resolver seus problemas e seguir avante sem deixar nenhum comentário.

As classificações de seu site melhoraram quando há comentários, eles são importantes métricas para que se saiba que seu conteúdo é relevante.

1.Nas mídias sociais as postagens com um alto número de comentários obtêm um melhor alcance orgânico.

2. No blog, os comentários dos usuários, informam ao Google que seu conteúdo deve ter uma classificação mais alta para determinadas palavras-chave.

Se você deseja que seu conteúdo obtenha mais comentários ( Em blogs ou mídias sociais), você poderá fazer o seguinte:

  1. Convidar as pessoas a comentar, por exemplo: “Comente abaixo e compartilhe esse conhecimento com sua comunidade.” Essa CTA diz para as pessoas que elas podem agregar valor a uma comunidade e ao mesmo tempo, mostrar que elas também tem conhecimentos sobre o assunto abordado, é bom para ambos os lados.
  2. Continue a conversa, se você receber um comentário, responda em tempo hábil e em detalhes, faça perguntas adicionais para que o usuário comente novamente.
  3. Marque as pessoas. Se você conhece alguém especialista no mesmo tópico, marque ele e convide para participar da conversa, isso agregará mais autoridade para o conteúdo.

8. Os chats

Quando você utiliza os chats em seu site, além de gerar conversão e engajamento, poderá proporcionar também um fechamento de uma venda.

O uso desse tipo de conversa em seu site deve estar sempre ativo, tem que existir alguém para solucionar alguma dúvida e aproveitar para ofertar alguma solução, ou como conteúdo ou como produto.

9. Palavras-chave classificadas

As palavras-chave classificadas por um determinado conteúdo são ICDs de marketing de conteúdo mais importantes para o SEO, isso porque são os primeiros indicadores do tráfego orgânico. Você poderá acompanhar facilmente seus rankings no Google Search Console.

10. Classificações orgânicas gerais

A posição média é o que lhe dá uma ideia do seu total de classificações orgânicas. essa é uma métrica complicada, mas é importante conhecer a posição média;

Uma única parte do conteúdo pode facilmente distorcer esse indicador-chave de desempenho. Sem mencionar as páginas “Sobre” ou “Contato”, que tem uma classificação geralmente baixa.

Dica: Rastreie esse ICD de conteúdo de SEO, perceba mudanças repentinas. Uma alteração no algoritmo ( atualização do Google BERT ), uma vez ao mês é o suficiente para ter bons dados.

11. Tráfego orgânico

O tráfego orgânico é um tráfego gerado de forma gratuita, sem investimento financeiro, é um dos ICDs de marketing de conteúdo importantes a serem rastreados e considerados.

Mais de 30% do tráfego poderá vir da pesquisa em motores de busca e outros de mídias sociais por exemplo.

Como obter um tráfego qualificado e converter em leads

Utilizando o melhor do marketing de conteúdo, sempre escreva com a visão no que o usuário quer encontrar e deixe os mecanismos de pesquisa por último.

Se os leitores humanos amam seu conteúdo, o Google por exemplo entenderá que seu conteúdo e de alto valor e dará um bom posicionamento para ele.

Conteúdo de valor com ótimo design e bem otimizado é em primeiro lugar, segundo o SEO, porque o que ditará a regra para os motores de busca por exemplo, é que seu conteúdo é amado, então ele deverá ser mostrado.

Não adianta se preocupar apenas com o SEO e produzir conteúdo de baixo valor, tudo é um conjunto, entregue para sua audiência o que você entregaria para seu filho.

12. Backlinks

Poucos empreendedores digitais, principalmente os iniciantes, não dão a devida importância para os backlinks, esses que por sua vez são como notícias para o marketing digital, é importante pensar neles como um ICD que deve ser rastreado.

Eles realmente são importantes para a métrica de conteúdo, vamos analisar um pouco mais sobre isso:

Backlinks, links de entrada ou até mesmo links de sentido único, são links de um site que apontam para outro site.

Os principais mecanismo de pesquisa consideram os backlinks como uma votação para uma página específica. As classificações de uma página aumentam quando elas agregam muitos links de relevância apontando para sua página.

Dica: Não adianta links de sites de baixa relevância apontando para o seu site, se o seu site recebe consideração de um site de alta relevância, então o link também passa a ser relevante.

Quando você tende a publicar ótimos conteúdos, outros produtores de conteúdo tendem a apontar um link para o seu site, é importante que seus conteúdos tenham alta qualidade e relevância, dessa forma outras pessoas consideração eles como exemplo.

Quando você posta comentários em sites de relevância, você tem a oportunidade de criar um backlink, sempre nas caixas de comentários, há um espaço para inserir um link de seu conteúdo que tenha relevância com o conteúdo comentado.

Dica: Cuidado com o spam, não pratique isso, prejudica e muito a qualidade do seu link.

ICDs Para Receita e Roi

Quem é que não gosta desse assunto, o final de todo o trabalho é penado em um ROI de qualidade, é para isso que usamos o marketing digital.

Se os ICDs de marketing de conteúdo sugerem o ROI, dando a entender que é necessário o aumento de tráfego, então sua estratégia de marketing deveria focar nesse ponto.

O marketing de conteúdo pode gerar uma ótima receita para seu empreendimento digital, veja cada conteúdo com um soldado trabalhando para defender seu negócio e manter ele ativo. : )

13. Gerando Leads

Um lead é alguém que futuramente pode se tornar um cliente, quando alguém entrega a você informações de contato em troca de algo, essa pessoa passa a ser um lead que ainda não é necessariamente um cliente.

Lead também é um ICD de marketing de conteúdo e posso te afirmar que é de suma importância para considerar.

Entendendo um pouco mais:

  1. Você cria um conteúdo de alto valor
  2. Conquista backlinks e gera uma ótima classificação
  3. O tráfego começa a acontecer
  4. Compartilhamentos, comentários, likes, tudo isso gera tráfego
  5. Uma porção bem pequena de tudo isso se tornam seus leads

Mas não é a pequena soma que conta, o que realmente conta é a qualidade desse púbico, são eles que podem refletir em seu ROI, gerar o financeiro de seu negócio online, é para ele que tudo é feito.

Como então podemos aumentar a quantidade de nosso leads e além disso, que sejam de qualidade, que tenham mais chances de se tornarem clientes.

Passo importantes:

  1. Um pop-up de inscrição que proporciona a entrega de conteúdo exclusivo
  2. CTA: Chamada para uma ação, por todo o seu conteúdo
  3. Uma página de contato que seja fácil de ser encontrada
  4. Caixas que levam a página de captura

Exemplo de captura de contatos:

Uma CTA poderá levar as pessoas a se interessarem por seu conteúdo e se inscreverem em troca de algo de valor, dessa forma elas entregam a você o contato delas.

É importante saber quais dos seus conteúdos estão gerando mais leads e essa métrica de ICD do marketing de conteúdo ajudará você a gerar ainda mais leads no futuro, isso é incrível e funcional.

Com o Google Analytics você poderá medir tudo isso, saber qual é o conteúdo mais acessado, de onde vieram os acessos e outras informações importantes, é preciso mensurar tudo isso, não basta apenas criar conteúdo.

14. Leads convertidos

Quantos de seus leads se transformam em clientes? Rastreando quando foi gerado e convertido um lead é uma métrica importante.

As taxas de conversão podem variar muito, considere uma média de 2% uma boa taxa de conversão, isso significa que essa é a taxa de leads que se tornaram clientes.

Após seu lead se tornar cliente, ainda não acabou, existem processo importantes em outras etapas para manter esse cliente ativo, isso é forte, incrível, você verá.

Para aumentar a conversão, é preciso uma série de testes, ofertas, CTAs, é testando suas estratégias de comunicação que você entenderá o que fazer para aumentar a conversão.

Tome nota disso:

  1. Gerando mais leads, você aumentará a conversão
  2. É preciso gerar tráfego para aumentar os leads
  3. Quanto mais conteúdo de valor +tráfego + backlinks + compartilhamentos

É preciso consistência e uma boa grade na publicação de conteúdo, manter a grade também é importante para que os pilares possam funcionar. Publicar nos mesmo dias e horários é comprometimento com seu conteúdo.

É preciso manter toda a estrutura alimentada, cada ICD de marketing de conteúdo tem papel importante em suas estratégias.

15. ROI

Qual é o valor pago por cada lead que você converteu, qual é o custo de cada lead convertido em um único mês?

Veja as etapas a seguir:

  1. O custo de produção de conteúdo
  2. O custo para promover seu conteúdo
  3. Despesas paga a profissionais
  4. Ferramenta de SEO

Esse será seu ROI de marketing de conteúdo.

Use os ICDs para analisar se o ROI é o esperado, caso contrário reveja tudo e procure adaptar sua estrutura para gerar um ROI de qualidade.

O ROI do marketing de conteúdo deve ser de suma importância para seu negócio online, quando você perceber que tem um resultado interessante, procure melhorar e manter o resultado já alcançado.

Agora o melhor de tudo, como melhorar o ROI:

  1. Recomendação para uma publicação de conteúdo com uma média entre 3500 à 5000+ palavras.
  2. Gere backlinks orgânicos e pagos.
  3. Publique tópicos importantes para seus leitores, entregue algo que eles querem consumir.

Conclusão

Se você observar os ICDs, já será um bom começo, basta manter o rastreamento para as melhorias que essas métricas apontam.

Uma das ferramentas que eu mais utilizo para mensurar os meus projetos online é o Google analytics, mas existem outras.

Faça uma analise mensal, melhorando suas estratégias de marketing de conteúdo + SEO + relevância + palavras-chave e mantenha isso como parte de seu trabalho, mensurando resultados e melhorando o que é preciso.

Espero que esse conteúdo tenha ajudado você a pelo menos entender a importância de mensurar os resultados do seu marketing de conteúdo, para futuramente gerar mais leads, depois mais conversão e finalmente um bom faturamento. : )

Escreva abaixo se você usa ou já usou o Google analytics, terei o prazer de conversar contigo, aproveite e compartilhe esse conteúdo com seus amigos ou em suas redes sociais, isso ajudará eu entender que esse conteúdo está transformando vidas e criarei outros como esse para você.

Edson Camacho

Siglas:

ROI ( Return on investment ) Retorno sobre o investimento

ICD: indicadores chave de desempenho

CTA: ( Call-to-action ) Chamada para uma ação

CTR: ( Click through rate ) Taxa de cliques

Comente aqui!