Copywriting, como encontrar copy prontas?

Copywriting, como encontrar copy prontas?
copywriting

Copywiting é uma definição para uma comunicação persuasiva, visando alcançar uma conversão através de gatilhos mentais, quebrando objeções e aumentando vendas.

Claro que com a ajuda de uma boa copy, as conversões podem ser diversificadas, como cadastrar em uma lista, consumir e compartilhar um conteúdo, até comprar um produto ou serviço.

Nesse artigo você entenderá a importância do copywriting em sua comunicação e venda, para gerar melhores resultados e de quebra te darei um bônus INCRÍVEL para você começar sua escrita ainda hoje.

O que é copywriting

Copywriting pode ser definido com o ato de guiar uma determinada audiência a uma ação, independente de qual seja ela.

O copywiring é uma comunicação persuasiva que utiliza de gatilhos mentais e técnicas de persuasão para levar um indivíduo a uma determinada ação, como a compra de um produto por exemplo.

Alcançar uma audiência é um passo por muitas vezes complicado, é preciso uma série de estratégias para construir um público qualificado e esse público chega até nós cheio de objeções.

Sanar todas as objeções desse publico é uma outra tarefa um tanto quanto trabalhosa, mas que deve ser feita.

Para atrair um público qualificado, eliminar suas objeções e gerar conversão, é preciso o uso de técnicas de copywriting.

Porque usar copywriting

Uma certa vez eu ouvi um gringo dizer que o que vendia não era nosso produto, mas a oferta, ter uma oferta que resolvesse todas as objeções do público, com persuasão, é o que venderia seu produto.

As pessoas passam a conhecer o produto somente depois que compram, então a primeira coisa que elas conhecem e se deparam, é a oferta.

Apresentar ao público uma boa oferta é que fará o seu produto vender mais, claro que em conjunto com outros fatores.

É impossível criar uma oferta matadora sem a ajuda do copywriting, toda a persuasão contida no script de vendas, deve ser baseado em uma boa copy.

Os gatilhos mentais encarregarão da persuasão, porque além de eliminar as objeções do público é preciso convencer ele a fechar a compra.

O copywriting deverá ser utilizado em todo sistema de comunicação, desde artigos, ads, e-mails, e-books, vídeos, entre outros.

Toda a comunicação que necessita de uma conversão ou resultados utiliza um bom script com uma boa copy, não utilizar copywriing é o mesmo que tentar abrir uma porta de ferro com cadeados e correntes, sem o uso de uma chave.

Benefícios do copywriting

Benefícios são o que as pessoas em geral procuram, quando uma boa copy aponta os benefícios de um determinado produto ou serviço, ela está indo diretamente ao ponto de interesse do público em geral.

O próprio conjunto de estratégias contidas em um copywriting, por si só já são benefícios a serem considerados para seu produto ou marca.

Fazer claro ao público que ele realmente tem um problema e que precisa ser resolvido, por uma única solução. que será a sua, é essa a função de uma boa copy.

A boa copy gera benefícios para quem vende e para quem compra, desede que o produto final seja de extrema qualidade. Isso porque uma boa copy poderá vender até um produto de péssima qualidade.

O conjunto copywriting e produto ou serviço de qualidade, é que soma em um resultado de sucesso. O cliente e o “vendedor” devem ambos se sentirem felizes com o resultado final do uso do copywriting.

Com o copywriting é possível economizar tempo e dinheiro em suas estratégias de marketing.

Quando um público chega a sua oferta, ele vem carregado de objeções e essas objeções impedem ele de efetuar uma compra, independente que seu produto seja o melhor do mundo.

O copywriting ajudará a quebrar essas objeções e converter em compras, faça o teste A/B para tirar a prova, use um página de vendas sem copy e outra com copy, veja qual converte mais.

Produtos digitais: Os produtos digitais ou infoprodutos, são do tipo mais truncado em vendas, é preciso quebrar mais objeções, uma vez que não são produtos tangíveis e as pessoas não sabem o que encontraram a frente.

Produtos físicos: Os produtos físicos são por sua vez mais fáceis de serem vendidos, mas que também podem conter diversas objeções para o público.

Prestação de serviço: O uso da autoridade nesse caso facilita bastante na hora de fechar uma venda, o prestador de serviço precisa convencer sua audiência, da capacidade de execução do serviço.

Todas as objeções podem ser sanadas, independente do tipo de produto ou serviço, na utilização do copywriting.

O copywriting é para o cliente

Sempre que se escreve um texto persuasivo, podem aparecer dúvidas do tipo, será que estou eliminando todas as objeções? Será que minha copy está persuasiva? Será que essa copy resultará em vendas? Entre outras perguntas.

O fato é que se você seguir um modelo de copy, as chances são que a seu escript terá um alto poder de conversão.

Quando você tem uma copy focada nos benefícios que o seu cliente terá, já é um ponto positivo para gerar bons resultados.

Sua copy deverá ser direcionada ao cliente e não no negócio em si, ser específico em apontar o resultados que seu cliente alcançará, qual será a transformação que esse produto fará na vida do cliente, esse é o foco.

Infelizmente capturar atenção não é tudo

Quando escrevemos um copy, geralmente se faz com o interesse de capturar e prender a atenção do espetador, porém isso não garante a venda.

Claro que devemos chamar a tenção e manter essa atenção presa, mas isso não é tudo.

É preciso gerar um conexão fantástica com o cliente, é o resultado que o cliente terá com o produto é que fará com que ele compre, esse é o foco principal, A TRANSFORMAÇÃO!

Quando a copy faz com que o cliente entenda a transformação que o produto fará na vida dele, as chances de conversão são maiores, então capturar e prender a atenção não é tudo.

É importante saber o que dizer em sua copy, para levar o espectador a consciência de que os resultados gerarão transformação na vida do cliente.

O tom da sua comunicação persuasiva

Escrever a copy da maneira que se fala

Eu sempre apostei em uma escrita simples e direta, sem frases muito longas, como escrever um artigo, assim deve ser a copy, não é por deixar sua comunicação longo que você gerará resultados.

Já escrevi copys curtas que geraram e ainda geram muito mais resultados que um script demasiadamente longo, mas há casos que é necessário uma escrita mas alongada.

Não tem necessidade de usar palavras complexas, o simples é melhor e mais fácil de ser entendido por todo o tipo de pessoas, escrever da maneira como se fala é mais interessante.

Veja por exemplo o locutor Ratinho do SBT, a comunicação dele é simples e direta, funciona muito bem, é perceptível a maneira dele se comunicar com a forma que ele realmente representa ser.

  • IMPORTANTE: Se você quer elevar seu conhecimento a um outro patamar como um empreendedor em série dê uma olhada nessa nova tendência de negócios online para o futuro e torne-se um empreendedor digital de sucesso definitivamente. Clique aqui para ver o vídeo.

Eu aposto no simples, não sou contra o complexo, mas a escrita focada na maneira que você se comunica no dia a dia é a forma de escrever uma copy mais convincente.

Na dúvida, faça um teste A/B de sua escrita de copy, teste e com certeza você perceberá a diferença entre uma comunicação simples e outra complexa.

O tom da comunicação

A personalidade de sua marca definirá o tom da sua comunicação, definindo a personalidade de sua marca você já terá um tom adequado de comunicação.

Sua marca tem uma comunicação divertida? É mais séria? É confiável? Quais seriam os pontos a se considerar no tom de sua comunicação?

A maneira com que o tom de sua comunicação atinge seu público pode fazer muita diferença na hora de gerar uma conexão.

copywriting

A história é uma gatilho importante na persuasão, mas a forma com que é entregue essa história também fará diferença, a forma como você se comunica com seu público poderá ou não influenciar nos resultados positivos da copy.

Eu já vi casos em que até foi utilizado um personagem e uma comunicação divertida que gerou e ainda gera muitos resultados para uma determinada empresa.

Definir e escolher o tom de sua comunicação, é algo importante e deve ser considerado até antes mesmo da escrita da copy.

O problema poderá aparecer quando não temos uma identificação mais realista, não podemos assumir uma comunicação muito distante da realidade do que somos e do que é nossa marca.

Leve em consideração esses pontos:

  1. Quem eu sou
  2. Para quem é
  3. Como dizer

Os elementos do copywrigint

Definir os elementos que irão compor a escrita da copy é definir o conjunto de todo o sistema de comunicação persuasiva.

Antes mesmo de começar a escrever o script, é importante saber os pontos que serão abordados para traçar uma escrita estratégica.

Eu diria até para criar um planejamento que antecede a composição dos elementos do copywriting, para começar a criar a escrita persuasiva.

As headlines

copywriting headline

Muitas empresas hoje em dia possui seu slogan e as headlines devem ser pensadas como um slogan, tem que ser algo fácil de se lembrar, que causa impacto logo nos primeiros segundos.

Os títulos de cabeça que costumo falar para definir minhas headlines em uma escrita de copy, é o primeiro título de impacto de sua escrita persuasiva, se esse título falhar, as chances são que sua comunicação inteira poderá falhar também.

Como o título em uma copy é o ponto inicial mais importante, quais seriam as considerações?

  1. Chamar a atenção
  2. Estabelecer o tema do conteúdo
  3. Ser específico

Uma headline persuasiva não deve conter uma fala promessa, não adianta prender a atenção do leitor se não será entregue o valor real.

Não podemos prometer o que não podemos entregar, o título deve realmente chamar a atenção, ter uma forte promessa, mas com algo que será realmente entregue.

Caro que para criar uma headline de qualidade é preciso conhecer a dor do avatar, é com base nisso que se cria um bom título.

Quando os benefícios e a solução fica clara para o leitor através do título, as chances são que terá a atenção focada em sua comunicação

O poder da persuasão através do copywriting

A escrita persuasiva segue um caminho estratégico para se comunicar com a mente do leitor ou espectador, mostrando a importância de tomar uma decisão em um determinado momento.

O caminho passa por uma sequência já testada e estudada minuciosamente para estimular interesse, conexão, atenção, reciprocidade, uma certa dose de medo, entre outros pontos importantes e persuasivos.

Exemplo: A pessoa “A” não gosta da pessoa “B” e ambas sabem disso, as chances da pessoa “B” prestar atenção ou seguir alguma dica da pessoa “A” é quase nula.

As pessoas tendem a ouvir e seguir as pessoas que gostam dela, isso gera uma reciprocidade e abre uma porta para a comunicação.

Com base nesse simples exemplo, você poderá entender como a escrita persuasiva trabalha e procura gerar resultados.

O poder da conexão

Um dos passos importante para iniciar um comunicação persuasiva, é criar um conexão com o espectador.

Costumamos usar uma estratégia importante na persuasão para gerar mais e mais conexão com nossos leads.

Entregamos a ele o que ele precisa, sem cobrar nada por isso, mostramos para ele que passamos pelas mesmas dificuldades que ele está passando.

Dizemos ao nossos leads que somos de carne e osso como ele também é e que nossa história de sofrimento e superação é semelhante a dele.

A história tem um grande poder de gerar conexão e abrir a porta do relacionamento, essa é uma grande sacada para uma boa escrita persuasiva.

Basicamente se você quer criar conexão com seu lead logo no início do relacionamento, conte a ele uma história de superação que tenha relação com o problema dele.

O poder da prova social

Mesmo que acreditamos em nosso produto, sabemos o quanto ele pode resolver um determinado problema, as nossas palavras para nossos leads serão meras palavras.

Não adianta muito você dizer para seu lead que seu produto é bom e que é a única solução que ele poderá encontrar no momento para o problema que ele tenha.

O lead tem diversas objeções em sua mente em relação ao seu produto ou serviço e uma maneira forte de mostrar para ele que seu produto ou serviço funciona é que outras pessoas falem por você.

Quando uma outra pessoa, ou um cliente fala do seu produto, as chances são que o lead aceitará isso como uma verdade.

Então a prova social é importantíssima para ajudar a quebrar objeções e levar o lead ao CTA.

Quando um lead observa outras pessoas falando do resultado que seu produto proporcionou, eles podem pensar, se funcionou para ele, poderá funcionar para mim também.

É importante que na oportunidade certa, você possa requisitar ao seus compradores um testemunho sobre o seu produto.

Quando usamos a prova social em nossa escrita persuasiva, facilitamos o processo de conversão.

O poder da autoridade

Porque a maioria das pessoas confiam nos médicos? Sim! A sua autoridade é responsável por essa confiança.

Gerar autoridade para seu público é algo que também ajuda no processo de conversão.

O lead tende a seguir e confiar em uma pessoa que ele acredita entender do assunto que ele está buscando.

Quando você mostra para seu lead que você conhece do assunto, que você estudou por anos sobre isso e já gerou resultados com seu conhecimento, isso gera autoridade.

Gerar autoridade pode levar um certo tempo, pois a confiança não se conquista em um único momento, mas é possível despertar pelo menos a visão do seu lead, de que você é uma autoridade no assunto.

Isso o copywriting tem condições e eficiência de conquistar, então entendemos que é importante o processo persuasivo, ele acelera e muito o estado de conversão.

O poder da reciprocidade

Você já deve ter percebido no decorrer de sua vida, que quando uma pessoa recebe um presente, ela se sente no direito de retribuir. Isso é a reciprocidade.

No marketing digital, entregamos valor e conteúdo de qualidade em diversos formatos e mídias, trabalhando o gatilho da reciprocidade.

Cada vez que gerarmos valor para nossa audiência, ela fica ainda mais recíproca em relação a nós.

Então, usar o gatilho da reciprocidade, permite ao nosso lead querer comprar futuramente um de nossos produtos, porque o estado de gratidão, também ajuda no processo de conversão.

O poder da escassez

O gatilho da escassez é fortíssimo para uma tomada de decisão, imagine você querer comprar o carro dos seus sonhos, que está em promoção, mas essa promoção acaba em 45 minutos.

o desespero toma conta do seu cérebro e o desejo de compra aumenta mais, até que você decida fechar o negócio antes de terminar os 45 minutos, por medo de perder a oportunidade.

Usando o gatilho da escassez em sua escrita persuasiva, aumenta e muito a forma do CTA e a decisão de compra.

Uma das formas que utilizamos para disparar esse gatilho, são contadores regressivos, com data e horário para expirar a oferta.

Com tudo isso estamos cada vez mais persuadindo o nosso lead a tomar uma ação de compra.

copywriting aumentar vendas

Copywriting e técnicas psicológicas

Cada estratégia de copywiriting, cada bloco de persuasão que criamos, não terá fundamento nenhum se não tiver o poder de levar nossos leads a uma tomada de decisão de compra.

Tomada de decisão de compra

Sabemos que todo o processo de escrita persuasiva aponta para o cliente tomando a sua única decisão.

Cada mente é diferente, mas as dúvidas e anseios de um grupo de indivíduos são semelhantes.

Como base nessas informações é que traçamos nossas estratégias de persuasão.

Existem diversas técnicas que podem levar o lead a esse estado, quanto mais persuasiva for a sua escrita, maiores chances no aumento da tomada de decisão de compra.

É importante que o seu conjunto de dados das respectivas dores e objeções de seu público estejam atualizados e completos.

Com base nesses dados é que você começará a desenvolver sua escrita persuasiva com grande poder de conversão.

Dores

Para uma boa escrita persuasiva, prevalece o conhecimento das dores que o público possui, saber quais as necessidades que nossa audiência precisa resolver é que ajudará no desenvolvimento de uma boa copy.

Entender as dores do público não é uma tarefa simples, mas também não é tão complicado, requer alguns passos para a definição dessas dores, que podem ser variadas.

Quando uma pessoa relacionada ao seu público busca por uma solução, ela está buscando resolver a dor que está sentindo, o problema que ela está enfrentando pode e deverá ser resolvido.

Mas antes mesmo de resolver o problema é preciso identificar a dor, uma vez que até a pessoa que busca por uma solução, pode necessitar resolver ainda outros problemas que ela nem conhece.

Quando identificamos a dor do nosso público, temos mais dados para desenvolver uma boa copy.

A dor de sua audiência é o que leva a compra de seu produto, um único lead pode ter variados pontos de dores que precisam ser resolvidos. Cabendo também varias soluções para serem apresentadas a esse único lead.

O ciclo não para, você poderá apresentar uma esteira de produtos para resolver as dores de sua audiência e novas pessoas virão até sua oferta em um ciclo contínuo.

Pense o seguinte:

Qual é o tipo de problema que você precisa resolver para seu cliente

Qual é a urgência de solucionar esse problema

O quanto seu produto é importante para solucionar o problema

Como se sentirá o seu cliente após a compra do produto

Como entender as dores do meu futuro cliente

  1. Ouvir seu cliente é um passo importante: Desenvolva um relacionamento mais próximo com seu ciente, colete feedbacks, faça um questionário, pergunte através de e-mails, faça um webnár e colete comentários, tem diversas formas de aprofundar seu conhecimento sobre as dores de sua audiência.
  2. Desenvolva uma pesquisa: Como falei anteriormente, o uso de um questionário pode ajudar muito nessa etapa. Entenda um pouco sobre seu público-alvo, elabore perguntas e colha dados. Ofereça um incentivo para que o lead responda o questionário.
  3. Coletando dados: Todas as informações coletadas através do formulário de perguntas, serão dados para você traçar um escrita persuasiva mais direta aos pontos de dores. Esses dados devem ser atualizados periodicamente, visto que o comportamento de sua audiência pode mudar.

Objeções

Quando sua oferta fica clara para o comprador, a persuasão acontece e a venda é fechada.

Conhecer as objeções de sua audiência é também um passo muito importante, tanto quanto conhecer as dores.

Quando um pessoa se depara com sua oferta, na maioria das vezes ela está interessada, porém ainda com muitas objeções que podem impedir o fechamento de venda.

Como um bom profissional de escrita persuasiva, você não deverá empurrar a venda goela a baixo, o foco deve ser na solução do problema e não na venda do produto. A venda é a consequência de uma boa persuasão.

Entender as objeções de seu público, facilita no processo de quebra das objeções através da copy.

Antes de começar a escrever uma boa copy, é precisar pesquisar muito sobre seu público, conhecer suas dores, suas objeções, anseios, preocupações, alegrias e etc.

Você poderá até usar o mesmo processo de coleta de dados que usou para encontrar as dores de sua audiência e definir também as objeções.

Pense o seguinte:

O que faz uma pessoa não comprar um produto como o seu

Porque alguém compraria o seu produto

Qual é o diferencial em seu produto

Qual o valor agregado

Como esse produto solucionaria a dor de sua audiência

Porque seu lead deve comprar seu produto

Esses são alguns dentre outros pontos importantes para definir as objeções que seu público tem.

Técnicas de PNL

A programação neurolinguística nos ajuda a entender como o cérebro processa as informações atavés de seu subconciente.

Essa técnica pode auxiliar e muito na escrita persuasiva.

Quando temos informações com base na mente e comportamento de nosso público, temos dados suficientes para desenvolver uma boa copy.

Não é necessário ser um expert em PNL para desenvolver uma escrita persuasiva de sucesso, mas ter esse conhecimento em mãos fará de você um copywriter impar.

As chances são que sua escrita persuasiva terá muito mais poder, porque você entrará profundamente na mente de sua audiência, pense nisso.

Encontrar um copywriter

Geralmente os empreendedores não tem tempo de escrever seus próprios scripts e necessitam da ajuda de um profissional da área.

Para agilizar o seu processo de persuasão, separei duas plataformas que possibilitarão você encontrar um profissional de copywriting, para escerver seus textos.

Workana: Nessa plataforma você encontrará profissionais de diversas áreas, além de copywriter, desings, editores e etc, tudo para terceirizar o seu processo de negócio online.

99Freelas: Nessa plataforma, com certeza você encontrará profissionais brasileiros de diversas áreas, asim como copywriter.

Você poderá ter profissionais que desenvolvem vídeos, artigos, designs, blogs, banners, copywriting entre outras necessidades para manter seu empreendimento digital.

————————– * ————————–

Como encontrar copy pronta?

Uma boa copy não estará disponível tão facilmente para você baixar através da internet.

Esse é um serviço caro e se você realmente quer uma boa copy para seu negócio online, recomendo contratar um copywriter, que analisará o seu produto e criará um ótimo script de alta conversão.

Estou te disponibilizando o script abaixo que precisará ser alterado para se encaixar em seu negócio, aproveite, mas não descarte a necessidade de contratar um copywriter futuramente.

Agora para você que está buscando copy prontas, eu quero te entregar uma mina de ouro como bônus, uma copy que poderá gerar resultados em vendas para seu negócio online. É totalmente gratuita, baixe ela e faça um adaptação do texto para o seu nicho de mercado.

Essa é uma copy pronta já testada no campo de batalha e já gerou resultado para mim e outras pessoas que a utilizaram.

BÔNUS: Baixe o script da copy pronta aqui:

Conclusão

Você entendeu nesse artigo o que é copywriting, para que serve e como usar, entendeu os benefícios da utilização do copywriting para aumentar as vendas.

Sabe também aonde encontrar profissionais qualificados para desenvolver uma boa copy, ou até terceirizar outros serviços que seu emprendimento digital necessita.

Agora é colocar as mãos na massa e colher resultados, dei um bônus a você de um script pronto para você adaptar e utilizar em sua comunicação de vendas. Mas avance no conhecimento.

Comente abaixo o que achou desse artigo, ou diga o que quer que eu escreva para ajudar você com seu negócio online. Compartilhe em sua rede social para ajudar outros empreendedores assim como você. Desejo sucesso!

Siglas / Significados

Copywriting: Escrita persuasiva

Slogan: Termo usado para algo que seja fácil de lembrar, muito utilizado por empresas.

Gatilhos mentais: Estratégias de comunicação mental para gerar uma decisão ou ação.

CTA: Call To Action, Chamada à ação, quando pedimos para uma pessoa tomar uma determinada ação.

PNL: Programação Neurolinguística.

copywriting

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *